Sejam Bem Vindos!


A igreja de Cristo no Nacional tem como meta:
Seguir a verdade em amor ! Desta forma convidamos todos que querem conhecer Jesus,para estudar a Bíblia conosco! Ele é a expressão máxima do amor e verdade do Pai.

Rua:Quinze de Novembro,N°216
Bairro Nacional - Telefone:(31)3397-2086
Próximo à antiga garagem do ônibus NACIONAL,2290
Email: igrejadecristodonacional@gmail.com

VENHAM SERVIR A DEUS CONOSCO!

Aos Domingos:
Escola Dominical de 18:00hrs às 19:00hrs
Culto...................... de 19:00hrs às 21:00hrs

As quartas:
Grupo Rotativo de Evangelismo de 20:00hrs às 21:00hrs


As sextas:
GRUPO DE CRESCIMENTO ESPIRITUAL - Estudos Bíblicos de 20:00hrs às 21:00hrs, na congregação.

Aos sábados Grupo de Jovens de 19:00hrs às 20:00hrs

REUNIÃO DE ORAÇÃO DOS HOMENS (Ao terceiro sábado do mês):........DE 19:00hrs às 20:00hrs

REUNIÃO DE MULHERES (De 15 em 15 dias):........DE 19:00hrs às 20:00hrs

AGUARDAMOS A SUA VISITA!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

DOS PRESBÍTEROS PARA A IGREJA




“Vede e acautelai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus” Mateus 16.16


Cuidado com o Fermento! À procura da verdade, no meio da confusão religiosa do Brasil.


Quando Jesus ofereceu estas palavras de advertência aos seus apóstolos, ele se apoiou em milhares de anos de significado simbólico da palavra “fermento”, na Bíblia, são geralmente negativos. O fermento frequentemente representou o mal e o erro. Podemos traçar no Velho Testamento o desenvolvimento destes significados da palavra “fermento”. O uso do fermento era proibido durante a Páscoa, a festa em que os israelitas comemoravam a libertação da nação judaica da servidão egípcia (Êxodos 12.15). De fato, os israelitas não tinham permissão para incluir fermento nos sacrifícios feitos a Deus. 


Em Levítico 2.11, Deus disse: “Nenhuma oferta de manjares, que fizerdes ao Senhor, se fará com fermento; porque de nenhum fermento, e de mel nenhum queimareis por oferta ao Senhor. ” Baseando-se nesta tradição de que o fermento representava alguma coisa má, impura e inaceitável por Deus. Jesus advertiu contra o fermento o falso ensinamento dos fariseus e dos saduceus (Mateus 16.12 “Então os discípulos entenderam que ele não estava dizendo que tivessem cuidado com o fermento usado no pão, mas com os ensinamentos dos fariseus e dos saduceus. ”). Paulo disse que aqueles que tentavam persuadir os cristãos a voltarem à pratica da lei de Moisés espalhavam o fermento (Gálatas 5.4-9 “Vocês que querem que Deus os, aceite porque obedecem à lei estão separados de Cristo e não têm a graça de Deus. Mas nós temos a esperança de que Deus nos aceitará, e é isso o que esperamos pelo poder do Espírito de Deus, que age por meio da nossa fé. Pois, quando estamos unidos com Cristo Jesus, não faz diferença nenhuma estar ou não estar circuncidado. O que importa é a fé que age por meio do amor. Vocês estavam indo tão bem! Quem convenceu vocês a deixarem de seguir a verdade? É claro que quem os convenceu não foi Deus, que os chamou. Como dizem por aí: "Um pouco de fermento fermenta toda a massa."”). 


O fermento também representava a influência corruptora da imoralidade. Paulo se referiu ao problema da imoralidade sexual entre os cristãos de Corinto em termos duros e perguntou: “Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa todas? ” 1 coríntios 5.6. Deixada sem correção, a ação do fermento da imoralidade pode se espalhar e corromper a congregação inteira. Sacrifícios sem fermento exatamente como os filhos de Deus no Velho Testamento tinham que oferecer sacríficos puros, hoje Deus espera que nossos sacrifícios espirituais sejam livres de impurezas. Para ajudar-nos a apreciar este fato, Deus nos deu o exemplo do sacrifício perfeito e sem pecado oferecido por seu Filho Jesus Cristo.



Pelo Presbítero Espedito.

QUE DEUS OS ABENÇOE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário